4/15/2007

NADINE JARVIS, design funerário






Nadine Jarvis é uma designer londrina nascida em 1982. Fruto da sua pesquisa em torno da impermanência dos materiais e da forma como os objectos se degradam ao longo do tempo, ela apresenta-nos uma nova possibilidade de celebração do culto dos mortos. Através dos seus poéticos receptáculos-urna a tarefa de espalhar as cinzas é entregue à acção imprevisível do tempo e dos pássaros. Três peças, três hipóteses: Rest in Pieces, urnas cerâmicas suspensas por fios degradáveis que se partem e fazem cair e quebrar a urna, e espalhar as cinzas; Bird Feeder, urna feita de comida para pássaro e moldada com cera de abelha, com poleiro com inscrições do falecido, que os pássaros degradam naturalmente, comendo, ou abrindo orifícios que as deixam escapar lenta e imprevisivelmente; Carbon Copy, set feito de 500 lápis elaborados a partir dos restos cremados e que se guardam numa caixa que contém uma afiadeira integrada. Enquanto artistas há que desejam chocar ao abordar este tema Nadine encontrou uma forma sublime de lidar com uma questão tão sensível como antiga. Extraordinário.

Nenhum comentário: